Terça, 20 de Agosto de 2019 |
Encerramento de maternidades: Elvas, Chaves, . . . Portimão ?

12:53 - 13/06/2019     96 visualizações POLÍTICA
Imprimir
Foi com estupefacção e ansiedade que o CDS ALGARVE tomou conhecimento que a maternidade do Hospital de Portimão (CHUA) estará «temporariamente» encerrada durante vários dias, alegadamente por falta de especialidade pediátrica/neonatal que assegure os mínimos do protocolo médico daquela valência.

No CDS ALGARVE temos presente os encerramentos das maternidades de Elvas e de Chaves, em que recorrendo a argumentos de falta de segurança médica por redução do número de partos, o então Governo Socialista "empurrou" as grávidas para a segurança do "parto em estrada" , em que são os bombeiros e os motoristas de ambulância que mesmo sem meios adequados e fazendo um trabalho absolutamente heróico conseguem todos os dias fazer nascer  crianças, conforme tem sido notícia nas televisões, num cenário típico de terceiro mundo.

Acontece que independentemente das conclusões "técnicas" que sejam tiradas durante este período de "encerramento temporário" sobre a eventual possibilidade de deslocação de grávidas para Faro (depois das eleições legislativas); o CDS será absolutamente intransigente advertindo desde já que: 

O CDS ALGARVE "ESTÁ A VÊ-LOS",  

e

O CDS ALGARVE exige que o Governo assegure que não vai encerrar a Maternidade de Portimão, após contados que estejam os votos nas eleições legislativas de outubro.

 

P'la CPD do CDS Algarve

 

 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos