Segunda, 22 de Janeiro de 2018 |
iTGROW E ISEC RESPONDEM A ESCASSEZ DE MÃO DE OBRA NO MERCADO DAS TECNOLÓGICAS COM NOVO PROGRAMA DE RECONVERSÃO PROFISSIONAL

12:23 - 14/01/2018     69 visualizações ALGARVE
Imprimir
Atenta às necessidades de um mundo cada vez mais digital, a iTGROW, empresa participada equitativamente pelo Banco BPI e pela CRITICAL Software e que aposta na formação de desenvolvimento de competências na área de informática, em parceria com o ISEC (Instituto Superior de Engenharia de Coimbra) lançou um novo Programa de reconversão profissional designado de APOSTAR em TI.

Novo programa APOSTAR EM TI garante estágio remunerado de 9 meses em empresas parceiras após período de formação

. Programadores Informáticos são uma das 8 profissões que irão ter maiores níveis de empregabilidade até 2020 em todo o mundo

. Setor das TICE (tecnologias de informação, comunicação e eletrónica) com empregabilidade sustentada e de futuro num mundo cada vez mais digital

O novo Programa APOSTAR em TI tem como destinatários desempregados que tenham frequentado um curso superior com apetências para as áreas da Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (CTEM) e que estejam motivados para a reconversão das suas competências para o segmento da programação de sistemas embebidos, uma área com elevados índices de empregabilidade em todo o mundo.

"À medida que a transformação digital evolui a escassez crescente de mão de obra especializada no setor das TIC está tornar-se num problema cada vez mais premente em todo o mundo, e o nosso país não é exceção. Por outro lado, verificamos que os programadores figuram no ranking das 8 profissões que terão os níveis de empregabilidade mais elevados em todo o mundo até 2020. Adicionalmente, na área da programação, o segmento dos sistemas embebidos é e será o de maior crescimento à escala global. O novo programa que criámos teve em linha de conta todos estes pressupostos e pretende reconverter pessoas e dar-lhes acesso à empregabilidade num setor e em segmentos com futuro," afirma João Cunha professor no Departamento de Engenharia Informática no ISEC e coordenador pedagógico do APOSTAR em TI.

As inscrições do APOSTAR em TI já estão abertas e irão prolongar-se até ao dia 15 de fevereiro de 2018. Podem candidatar-se todos os indivíduos que acreditem possuir as caraterísticas adequadas para uma carreira na área das Tecnologias de Informação, Comunicação e Eletrónica (TICE), nomeadamente: curso superior ou frequência do ensino superior; boas capacidades de raciocínio lógico, preparação matemática e afinidade/motivação para as tecnologias da informação; boas capacidades de comunicação e de trabalho em equipa; domínio da língua inglesa; maturidade e motivação para cumprir um programa muito exigente; bem como disponibilidade total para frequentar a formação e o estágio.

Os candidatos selecionados para o Programa Apostar em TI terão uma elevadíssima probabilidade de serem bem sucedidos e de virem a conquistar um emprego na área.Catarina Fonseca, Diretora Geral da iTGROW, explica que o objetivo é reunir 100 candidatos e apurar os melhores 24 de entre estes para integrarem o programa de formação, que irá durar cinco meses. "Terminada a fase letiva, que irá decorrer de fevereiro a julho de 2018, os formandos terão acesso a um estágio profissional remunerado nas empresas parceiras deste projeto. A CRITICAL Software, que é uma dessas empresas: já assegurou que irá receber 50% dos formandos para estágio," adianta ainda aquela responsável.

O processo de seleção dos candidatos, promovido pela iTGROW, inclui a realização de provas individuais e em grupo e de entrevistas, com o objetivo de selecionar aqueles que demonstrarem elevada capacidade para cumprir, com sucesso, as exigências do APOSTAR em TI.

O plano curricular da 1ª edição do APOSTAR em TI será centrado na Programação C/C++ para Sistemas Embebidos, uma área de grande procura de recursos humanos qualificados em Portugal e a nível internacional.

Os custos da formação (1.950€) são suportados pelos formandos, através do pagamento de uma propina, dividida em 5 tranches, metade a ser paga no início da formação e o restante valor a ser liquidado em prestações até ao final da formação que irá durar 20 semanas. Este investimento é recuperado durante o estágio. Os formandos terão à sua disposição soluções de crédito, disponibilizadas pelas instituições financeiras ligadas ao Programa, que lhes permitirão fazer face às despesas com propinas, aquisição de computadores, ou/e à subsistência mensal durante o período letivo

Calendário APOSTAR em TI

- até 15 de fevereiro 2018: irão decorrer as candidaturas e a seleção dos formandos divididas em duas fases, a primeira até ao dia 21 de janeiro e a segunda fase até dia 15 de fevereiro, caso não sejam preenchidas as 24 vagas até dia 21 de janeiro;

- fevereiro e julho 2018: fase letiva com duração de 20 semanas e 200 horas de aulas teórico-práticas, asseguradas por docentes do ISEC e com acompanhamento tutorial de 300 horas por docentes e monitores. Esta fase inclui igualmente a realização de um projeto final com a duração de 3 semanas, bem como a apresentação de workshops de aproximação à realidade empresarial por parte das empresas parceiras e de outros convidados.

- setembro de 2018 e maio 2019: estágio profissional remunerado a realizar numa das empresas parceiras do projeto. O estágio será acompanhado pelos docentes do programa, afetos aos departamentos de engenharia eletrotécnica e informática do ISEC

 
Por: Valkirias
 
Newsletter
Preencha o campo para subscrever a newsletter
notícias mais lidas


 
 
CATEGORIAS
A VOZ DO ALGARVE
APOIO AO CLIENTE
Visite-nos